Pipoca


A vida surprende-nos sempre , não tenho qualquer dúvida! Da primeira vez, era o Obrigada, da segunda era o sentimento, da terceira a eternidade!

Repito vezes sem conta na minha cabeça a minha teoria descabida da amizade em que as comparo com pipocas, porque só assim faz sentido!

Estou concentrada nas minhas deliciosas pipocas , no balde da minha vida, todas com ínicios diferentes e que , por agora, não consigo associar a milho queimado!

Tu , vou focar-me em ti, minha pipoca, és salgada ,nem preciso de saborear para adivinhar que ,essas ondas do teu pensamento desatado e feitio complicado, retratam o teu sabor que preenche a minha vida! Agradeço muitas vezes por ainda fazeres parte do que sou, por ainda ouvires tudo o que tenho a dizer, mesmo as coisas não substanciais!

As amizades são o melhor amor da nossa vida, sempre ouvi, embora agora possa duvidar um pouco mais , olho para ti e sinto-me segura! Ainda não compreendi onde vou buscar essa segurança quando sou eu que procuro proteger-te de tudo e todos e me preocupo como se de uma mamã me tratasse,no meu balde de pipocas muralha!

É mais forte do que eu, tentar desvendar tudo o que és e saber-te tanto ao ponto de prever atitudes e pensamentos, há quem lhe chame cumplicidade eu fico-me pela teoria de completar, sim , procuro fazer de cada uma das minhas pipocas um mistério só meu e que desvendo de dia para dia numa aventura sem fim!

Tudo o que alguém me fez ou faz , todas as amizades traídas ou falhadas, em pouco me faz duvidar da confiança em ti, a tua passagem está a tornar-se longa e eu adoro fazer parte da tua vida, nos bons e maus momentos, na frarternidade e no apoio!

Muitas são as vezes que dou por mim a rir-me, tornando-me até ridicula, por recordações dos momentos mais absurdos! Há inicios que são muito descabidos e o nosso é um, nunca declarei como impossivel uma amizade por alguém como tu , mas nada a este ponto, e o que mais gosto de compilar é as semelhanças que encontro contigo, em ti meu ser que mais parece de outro mundo!

Ainda há muito a registar desta amizade que cresceu e deu frutos e que se depender de mim irá durar até te tornares a pipoca mais velha do meu pequeno balde que estará prestes a quebrar , no limite de sobrevivência! Sinto-me mesmo feliz só pelo facto de teres cruzado no meu caminho. Fundamental é mesmo o amor , o amor de amizade, é dificil ser-se feliz sozinho, o resto é futuro, o passado, esse vamos guarda-lo bem no nosso pensamento e servir de exemplo a outras pipocas.

És o meu pequeno grande confessionário, serei fiel, Obrigadas Pipoca


Teoria : Amizade para mim é como fazer pipocas, umas ficam milho, outras são optimas pipocas e outras julgamos ser pipocas pegamos e não passa de milho queimado !

4 passageiros:

loira disse...

Adorei adorei *.*

CristianaC disse...

É o lado mais complexo da amizade que nos faz admira-lo, é por ele que lutamos dia a dia. É com a doçura das pipocas que vamos caminhando, alimentando o nosso ego e abrilhantando a nossa vida (:

Nádia Ribeiro disse...

Ta lindo prima ^^

JoaninhaFerreira disse...

adorei!
especialmente a teoria ;) *